IDAFRO pede cassação do alvará de funcionamento do CARREFOUR

https://bit.ly/alvara_carrefour https://bit.ly/alvara_carrefour

O Instituto de Defesa dos Direitos das Religiões Afro-Brasileiras - IDAFRO, protocolizou neste domingo representação na Prefeitura de Porto Alegre, requerendo a cassação do alvará de funcionamento da loja Carrefour onde ocorreu o assassinato de João Alberto Silveira Freitas.

 

A Folha publicou a matéria no link associado a esta imagem, clique para conferir.

 

A representação está disponível no anexo desta postagem.

Ler 347 vezes



© IDAFRO - Instituto de Defesa dos Direitos das Religiões Afro-Brasileiras - Todos os direitos reservados 2021